27 de jul de 2009

Bonequinha


Sua mente pensante transcende, decente ou indecente, julgamentos dementes
Dementes, pois julgamentos são a todo o momento movido por olhos sangrentos
Olhos que não enxergam, mas veneram o próximo como seres inóspitos
Julgamento sem moral, pois a tal, toma as mesmas atitudes, imoral, pode ser funcional para esse caso tão banal
Até quando essa mascara permanecerá intacta?
Espelho que reflete o próprio cotovelo não tem zelo, pois se fundamenta apenas no pêlo alheio
Hipocrisia, amarga e fria. Espírito induzido por falsa magia que cria a imagem!
Mostra a sua cara, falsária e seja mulher!
Podre pensamento inquieto, que move o que quer e come quieto
Mostra a sua cara, flasária e seja mulher!
Criada numa redoma impalpável de vidro inquebrável, te fez o que és, bonequinha julgadora de incrível e implacável olhar.