30 de set de 2010

contrapor

A fome de vida, de luta, de crença, hoje, me avassala
talvez de nada adiante minhas ideias
ou seja por loucura minha ou loucura social
mais garanto ao meu ser íntimo
que a desistência não pertence a meu entendimento
e nada que não seja energia, conseguira contrapor minhas realizações
por hora, mental
posso até vir a modificar minha visão
contudo, minha essência continua com fome!
O que seria dos dias ilumidados senão houvessem as madrugadas encantadas?